Topo

Queridas, leitoras! Para a nossa alegria, temos lindas novidades para vocês e a cada semana, as surpreenderemos com lindos textos, reflexões e poesias, do nosso querido Pastor Longuini/Celebrante de Casamentos. Aqui, ele compartilhará conosco, suas sabedorias, crenças, experiências e claro, todo o seu amor! Permitam-se encantar por este lindo texto, que não só trata de amor, mas sobre a importância e alegria da celebração do casamento.

Está simplesmente incrível!  <3

>>AMO-TE TANTO QUE NÃO QUERO DORMIR SEM TEUS OLHOS<<

O cenário era uma mistura de paraíso, fazenda bucólica, e o movimento de uma grande cidade. Esperava a entrada dos noivos. Olhei para o alto com o propósito de fazer uma oração e contemplei o Cristo Redentor:braços abertos sobre a Guanabara”. Bem atrás de mim a Lagoa. O vento soprava leve e acariciava a face de todos os convidados. Expectativa, ansiedade, nervosismo, emoção e algumas pessoas com lágrimas nos olhos. Nos olhos?

ANA KACURIN

Foi então que voltei meu pensamento para o tema que os noivos escolheram como tema da celebração do casamento. Trecho de um lindo poema do poeta chileno.

“Quero apenas cinco coisas.
Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser… sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando.”

Pablo Neruda

Que lindo! Olhei mais uma vez ao redor e percebi que não havia algo mais pertinente para aquele momento. Amamos o que olhamos e enxergamos o que amamos como bem disse Saramago: “Se pode olhar, vê. Se pode ver, repara”. E o visionário profeta no texto sagrado do Apocalipse: “quem tem olhos para ver, veja”. O cenário era lindo. Mas o que cativava a todos eram os noivos. Olhares apaixonados. Eles perceberam na época do primeiro encontro que o amor havia chegado. É o amor que nos encontra, não somos nós que encontramos o amor. Eles haviam me dito que amor chegara mansamente para eles. Que verdade! É assim que ele chegou, de mansinho “e se instalou feito um posseiro naqueles corações”. E nas confissões de amor que fizeram um para o outro entenderam que “o amor é onde temos certeza mesmo sem ter certeza nenhuma”. Sim! O brilho nos olhos, as lágrimas, o tremor das mãos. Tudo indicava que “a luz dos olhos seus e a luz dos olhos meus precisavam se casar”.

Thrall Photography

Lembrei-me do dito popular: “o amor é cego”. Não! Não é. Se fosse cego a gente levava no oftalmologista! Quem ama consegue ver coisas que quem não ama não vê. Foi assim que Tatiana e Hugo fizeram as confissões de amor. Entendendo que o amor é o maior presente que recebemos do Eterno e exatamente por essa razão é uma experiência, acima de tudo, de profunda espiritualidade. Quando amamos conseguimos ver o outro de maneira diferente, porque olhamos com o filtro do amor. Então nos alegramos com Neruda. “Quero ver o outono, o inverno e o verão, mas quero ver antes de tudo a primavera nos seus olhos. Mas deixo de lado a primavera para ficar com o teu olhar Não quero dormir sem teus olhos e não quero existir sem teu olhar.”

Maiatos

Como aceitar que o amor é cego? O olhar é a luz da alma, é a luz através da qual vemos o universo. É a luz através da qual vemos o universo nos olhos da pessoa amada. O dia alcançava os primeiros minutos do seu crepúsculo. Estávamos todos extasiados. O amor havia derramado seu olhar sobre nós e nos contemplara com a doce “com-paixão” de apaixonados. Era nítido pela maneira como nós trocávamos os olhares. Havia amor em cada olhar. Encerrei a cerimônia lembrando-me da belíssima moda de viola de Pena Branca e Xavantinho:

“Senhora dos meus encantos.

Que lindos olhos eu vejo.

 Os meus desejos são tantos.

Que cabem dentro de um “beijo”.

KLEMANN PHOTOGRAPHY

Pode beijar a noiva!

SOBRE O PASTOR LONGUINI

Teólogo. Filósofo. Mestre e Doutor em Ciências da Religião. É professor e escritor. Trabalha como pastor da Igreja Presbiteriana do Rio Comprido, RJ. É celebrante de casamentos.

INFORMAÇÕES PARA CONTATO

Pastor Longuini

Tel: (021) 99308-4878

www.pastorlonguini.com.br

Instagram: @revlonguini

Facebook: Luiz Longuini