Topo

Oi, pessoal!

Aqui quem fala é Karol Candido, jornalista, noiva do João, mãe do Pedro e a mais nova editora de conteúdo aqui da Oficina das noivas =)

Me caso em dezembro deste ano e a ideia de cada um dos posts assinados por mim será passar um pouquinho das experiências que tenho vivido neste caminho que estou percorrendo até o altar. Meu post de estreia é sobre um tema muito fofo: pajens e daminhas. Vamos lá!?

Bom, nada mais puro do que ver os pequenos entrando nos casórios, não é? Damas e Pajens simbolizam a pureza dentro de uma cerimônia de casamento, fora também todo encantamento que trazem. São parte fundamental do ritual, por isso, é um ponto que deve ser tratado como tal.

A hora da escolha, em si, já é importante. Quando escolhi os pequenos que abrilhantariam minha cerimônia, foi por pura afinidade que nós, noivos, tínhamos com eles. Sem dúvidas, o primeiro que pensamos foi nosso filho. Em segundo, a filhinha de uma amiga. Ambos bem novinhos. Depois deles vieram alguns priminhos nossos, esses já maiores. Ou seja, ter afinidade com os pequenos, é um ponto muito importante a ser considerado na hora da escolha.

Quando resolvemos nos casar, pesquisei bastante sobre tudo relacionado a casamento. E o quesito “damas e pajens” não ficou de fora. Diante de tudo o que li sobre esse ponto, consegui absorver algumas dicas, que coloquei na minha cerimônia e agora passo aqui para vocês:

1) Quanto mais nova a criança, mais fofo vai ficar, claro. Porém, a importância de tudo sair perfeito é bem mais difícil de ser entendida para os menores. Se eles, na hora, não estão com vontade de andar até o altar, eles não andarão até lá e ponto. Por isso, é fundamental a escolha de pajens e daminhas maiores. Por exemplo, se por acaso aquele seu sobrinho de 2 anos não quiser entrar na igreja com as suas alianças, mas foi escolhido também um pajem mais velho, ninguém terá que se descabelar no grande dia. O maior entra sozinho.
Para a minha cerimônia, organizamos assim: uma criança mais velha, para entrar com uma mais nova. Ambos entrarão de mãos dadas, dessa maneira o maior ainda pode nortear o menorzinho. E, se por acaso, o menor não quiser entrar, entra o plano B mencionado acima.

foto divulgação_odn (4)

2) A roupa e os acessórios também são parte muito importantes, e é bacana combinar com o estilo do casamento, mas também serem confortáveis. Me lembro até hoje de quando, com 6 anos, fui dama de um casamento e me escolheram um sapatinho muito desconfortável. No altar eu ficava tirando e colocando o sapato, sem nenhuma cerimônia ou discrição. Muita gente reparou. Claro, estamos falando de crianças, tudo pode acontecer e deve ser perdoado. Mas a gente tenta evitar episódios como esses para não constranger os pequenos e também para que tudo saia bem redondinho, não é?

foto divulgação_odn (3)

3) É possível que os noivos optem por quantos pajens e daminhas quiserem? É possível sim e não tem nenhum padrão. Eu, por exemplo, optei por colocar 05, três damas e dois pajens. Aliás, costumo defender que, na maioria dos pontos a serem resolvidos, os noivos podem escolher como quiserem para que a sua cerimônia seja do jeitinho como foi sonhado por eles. A questão “pajens e daminhas” não foge dessa ideia, é necessário apenas organizar tudo bem direitinho com a sua cerimonialista, para que ela dê conta da melhor maneira também deste ponto.

foto divulgação_odn (2)

4) Outro ponto é: com o que eles podem entrar? Damas e pajens não precisam necessariamente entrar só com as alianças. Nessa hora é possível colocar a criatividade em cena e inovar. No meu caso, por exemplo, entra um casal antes do noivo com balões de gás hélio, duas mocinhas antes dos padrinhos, cada uma com um buquê de flores, e meu filho, junto a bisavó e as alianças.

foto divulgação_odn (1)

Outras ideias legais, que vi em minhas pesquisas, são eles entrando com plaquinhas com uns dizeres bacanas, outros soltando bolinhas de sabão ou levando animais de estimação.

A verdade é que tudo pode sair do jeitinho que você sonhou, se esse ponto for pensado com muito amor para ficar bom para vocês, noivos, e também para os pequenos. Pajens e daminhas são muito amô e não podem faltar para uma cerimônia ser completa e linda <3

Fotos: DivulgaçãoASSINATURA KAROL