Topo

Cansada do déjà-vu que os vestidos rendados podem causar? Carol Hungria imprime seu estilo em um concorrente à altura! Descubra!

Alexandra Barcelos por Ju Kneipp

Acredite se quiser, as rendas têm dividido os holofotes nos vestidos de noiva em que a proposta é fugir do comum ou criar uma peça ultra personalizada! E o aliado, tão rico, bem trabalhado e romântico quanto, é o bordado. Mas esqueça as versões que se apresentam como pequenos detalhes nas peças. Os escolhidos da vez por Carol são super esculturais e chegam a aparecer em vestidos inteiros. A estilista, que há algum tempo incorporou a tendência ao seu DNA, conta que há centenas de opções de amostras em seu atelier, mas em alguns casos desenha o bordado especialmente, como se fosse um croqui. Seja como for, o escolhido é tão minuciosamente trabalhado que dispensa qualquer complemento.

Fruits de Mer por Ricky Arruda e Anna Quast 2

Quer uma proposta inusitada sem abrir mão da renda? Sem problemas! Segundo Carol, “nos últimos tempos houve um trabalho incrível de reinvenção das estampas das clássicas rendas. Elas aparecem cada vez mais diferentes e exclusivas, deixando cada vestido único”. Para enriquecê-las e deixa-las ainda mais personalizadas, nada como pensar em modelos inusitados de bordados com vidrilhos, pérolas, miçangas, linhas, flores 3D, paetês e pedras prateadas e douradas.

Fruits de Mer por Ricky Arruda e Anna Quast
Para ir ainda mais além, Carol mistura diferentes tipos e famílias em uma única peça, “às vezes chego a usar mais de cinco rendas em um único vestido. Quem olha vê uma estampa rica e complexa, mas não imagina quão laborioso é o trabalho de encaixe e montagem. E o mais bacana é que as noivas participam de tudo ao longo das provas”.

Alexandra Barcelos por Felipe Lannes

Alexandra Barcelos por Felipe Lannes 3

E é claro que um criador com criaturas tão preciosas não passaria desapercebido. Os vestidos de Carol, com suas riquezas de textura, brilho e movimento são reconhecidos por quem vê. O tule telado todo bordado com vidrilhos, usado no vestido da blogueira e modelo Karina Cruz, por exemplo, virou instantaneamente objeto de desejo e tem recorde de pedidos no atelier. Não é à toa que, pasmem, o vestido da coleção Fruits de Mer que levava o mesmo material foi o vendido logo após o desfile. Carol Hungria style, baby!

Karina Cruz por Juliana Kneipp e Maria Toscano

Para ilustrar, o Vitor Carvalho Filmes fez um vídeo no atelier (que tem um andar inteiro dedicado ao setor) mostrando um pouco das novas criações e técnicas. Aperte o play!​

>>ficha técnica<<

Vestidos: Carol Hungria | Fotografia: Juliana Kneipp | Fotografia: Ricky Arruda e Anna Quast | Fotografia: Felipe Lannes | Fotografia: Maria Toscano | Vídeo: Vitor Carvalho Filmes